Chegou a hora!
As tão esperadas dicas do Quenia que vocês me pediram!
É realmente uma trip complexa entao recomendo muito seguirem tudo direitinho e se quiserem me mandar direct no insta para tirar dúvida é só avisar!
Nairobi – Kempisinki Hotel
 
É o melhor hotel da cidade e com preço mega acessível. Nem parece que você esta na Africa, parece Europa. Ele é também o mais seguro, vários portões e seguranças armados, uma vez que há alguns anos teve um atentado em outro hotel da região de terroristas da Somália.
Um spa maravilhoso, café da manhã com música classica, quarto impecável com pillow menu, 3 opções de restaurantes (arabe, chines e italiano).
O que fazer na cidade:
Giraffe Centre:
Esse é um centro que possibilita muitas crianças locais a se aproximarem das girafas, você pode alimentá-las em um espaço enorme. Elas vem e vão. Existe uma quantidade limitada de pessoas que podem entrar por dia e cada um só tem direito a um pacote de ração, assim evita que elas comam demais. Achei uma experiência mágica ficar tão perto de um animal tão imponente. É ail também que fica o famoso hotel em que as girafas comem o café da manhã dos hospedes.
Elephant Orphanage:
Nesse local você pode adotar um elefante, uma girafa ou um rinoceronte. Eles encontram filhotes sozinhos e separados da manada que com certeza seriam refeição de um predador mais forte. Sendo assim, eles resgatam esse animal, dão alimento (leite de 3 em 3h) até ele chegar no tamanho adulto e pode ser liberado.
Também resgatam animais como por exemplo um rinoceronte que provavelmente se envolveu em uma briga e estava cego. Com certeza ele nao teria alimento, então eles cuidam.
Achei bem bacana a iniciativa e lá você pode adotar um dos animais. Meu marido me deu de presente de aniversário de casamento uma elefante chamada Larro que nasceu quase no mesmo dia que casamos. Ou seja, ela vai crescer junto com o nosso amor, não é demais? Achei super exótico, simbólico e mágico. Eles enviam updates por email de como ela está, o que tem comido e etc. Todo mês chegam mensagens e o custo é de 50 dólares por animal.
Fazendo esse pagamento, além da opção das 11 da manhã de conhecer os animais você pode retornar as 17h para algo mais único com o animal que você adotou. Você pode passar a mão, interagir mesmo. Achei zero exploração animal, uma vez que o seu cuidador só te coloca perto do seu elefante se ele realmente quiser chegar perto de você, nada é forçado para angariar dinheiro sabe? Não espere que ele vá deitar no seu colo, mas você vai ter uma experiência bacana.
Ir no carnivore (se gostar de carne) é uma churrascaria que serve todos os tipos de carne exceto as de game. Mas você consegue comer javali, crocodilo etc.Enviei a foto da grelha.

MARA ENGAI – MASAI MARA

 
Aqui que a mágica acontece e que o filme Rei Leão toma vida. Inclusive existem tours especializados para levar nos spots do filme, a grande pedra do desenho realmente existe na vida real.
Não existem cercas, ou seja, os animais podem ir e vir livremente. Diferente de locais como Kruger Park na Africa do Sul que você sabe exatamente quais animais encontrar ali dentro da reserva. Em Masai Mara eles vem e vão para a Tanzania por exemplo a todo momento, é um espaço gigantesco.
Você chega em um voo direto de Nairobi para lá que dura 30 min e, custa em média 200 dólares cada trecho, dependendo do piloto, pode ser calmo ou pura adrenalina pois são apenas 6 lugares e, eles tratam como se fosse um ônibus, pois vão subindo e descendo para deixar ou buscar pessoas em seus hotéis, existe somente uma hélice na aeronave. Você também tem a opção de ir de carro, nós fizemos isso na ida, foram 10h de estrada, sem infra estrutura e eu não recomendo, além disso, o preço é o mesmo praticamente.
Ali que acontece também a grande migração que, no filme do Rei Leão, são os milhares de gnus que passam correndo e acabam ajudando na morte de Mufasa (pai do simba). O que achei mais sensacional, mesmo chegando algumas semanas antes do grande evento, é que antes dos gnus chegam as zebras, então o lugar estava repleto de zebras. Todos migram da Tanzania para Masai Mara por causa da grama que fica bem alta nessa epoca do ano então eles tem alimento de sobra. O que dificulta também visualizar os animais como leões e leopardos, pois eles se camuflam mais fácil.
Também visitamos uma das aldeias Masai Mara com seus habitantes que fazem artesanatos e dão saltos altissimos enquanto cantam. Gostei muito da experiência e acredite, vale negociar, pois colocam os preços lá em cima. Algo bem exótico é, nas negociações das comprinhas de artesanato, como eles tem a pele bem escura, eles marcam o preço com um osso afiado em seus próprios braços. Assim o osso que é branco contrasta com a pele negra.
Sobre o Mara Engai, achei a tenda que ficamos muito espaçosa e ela fica realmente sob as arvores, algo que não se ve todo dia né? A gastronomia fantástica, tudo divino. Os games são pagos a parte, o que não impactou muito no nosso orçamento e, eles sempre fazem o possível para ser privativo, o que deixa tudo mais intimista e você tem liberdade de pedir para o ranger procurar o animal que quiser.
Um ponto que descobrimos na hora e acho válido dividir: cada 24h que você passa na reserva de Masai Mara você deve pagar 80 dólares por pessoa, independente do hotel que estiver. É um valor fixo estabelecido pelo governo. Como é bem alto você quase não encontra um outro carro no local, a não ser o da própria National Geographic filmando para o Nat Geo. Não é demais?
KEMPINSKI OLARE MARA (reserva ao lado de masai mara)
 
Reserva cerca de 3h de carro de Masai Mara, o que acho ótimo combinar, uma vez que entre ambos os caminhos fosse já está fazendo um game e conhecendo animais. Essa reserva não precisa pagar esse valor de 80 dólares por pessoa, o que é ótimo!
Hotel impecável mas ao invés de ser sob as arvores os quartos ficam no chão mesmo, sendo assim, é de extrema importância andar sempre acompanhado dos seguranças. Inclusive, foi engraçado, tive que enviar um email e internet só tinha na recepção, quando voltei haviam dois hipopotamos enormes se alimentando, pude ve-los de perto, foi inacreditável. Até porque eles passam a maior parte do tempo dentro da agua, quando saem e ver assim, lado a lado, com certeza foi um dos momentos mais bacanas.
Os games estão incluidos no valor da diária (6 da manhã e 3h da tarde) e a infra do hotel é maravilhosa. Fomos recepcionados por pessoas da tribo Masai cantando e com um pequeno gift no final.
Vimos em um só dia 20 leões em um dia sendo 9 filhotes. Impressionante né? também vimos uma perseguiçao pois ali tem um rio perto que gnus sempre tentam atravessar e as leoas ficam ali na região prontas para fazer surpresa. É uma região que o espaço é menor, então mais fácil de ver mais animais e, como também não tem cercas, acredito que os animais gostem mesmo de alguns pontos estratégicos que só existem lá.

Leave a comment